Uma boa saúde oral do adulto começa no início de sua vida.

Antes do nascimento do primeiro dente, alguns fatores podem afetar a sua aparência e a sua saúde de forma permanente. Existem alguns medicamentos que, se forem administrados às grávidas, às mães que amamentam ou às crianças, no período em que estão a se formar os dentes, podem causar a descoloração ou alterações na formação dos dentes. Por esta razão, siga sempre as recomendações do médico. Não tome medicamentos, que não sejam indicados por ele.

As crianças precisam de cuidados orais especiais que todos os pais devem saber.

A criança que tem o hábito de andar durante muito tempo com a mamadeira na boca mantém um contato direto de agentes doces sobre as superfícies dentárias, os líquidos açucarados permitem a adesão das bactérias às superfícies dentárias, depositam-se à volta dos dentes e aí permanecem durante longos períodos enquanto o bebê dorme, conduzindo à formação de cáries dentárias que têm o seu início nos dentes anteriores superiores e inferiores (incisivos e caninos). Não é bom deixar que o seu bebê adormeça com a mamadeira na boca.

A higiene oral começa logo após a erupção do primeiro dente do bebê. Deve ser executada pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas, obrigatoriamente, antes de deitar.


A importância dos dentes temporários (de leite)

 
Os dentes de temporários ou decíduos, habitualmente designados por dentes de leite, têm tanta importância para o correto desenvolvimento do bebê como qualquer outro órgão ou sistema.A principal função será permitir à criança a correta mastigação dos alimentos.
 

Mas outras funções estão-lhe associadas, nomeadamente o estímulo para o correto crescimento da face, do céu da boca e a manutenção do espaço necessário para o nascimento dos dentes definitivos ou permanentes.

O que fazer quando os dentes de leite começarem a aparecer?

Os dentes começam a aparecer por volta dos 6 meses e devem terminar o seu crescimento por volta dos 30 meses. Isto faz com que muitos bebês fiquem com as gengivas muito sensíveis, o que as torna irritadas. Você pode ajudar esfregando as gengivas com o dedo, uma dedeira especial para esse efeito ou um anel de borracha refrigerado. Também existem géis e produtos farmacêuticos para aliviar o desconforto provocado pela erupção dos dentes do bebê.

Se o seu bebê tiver febre quando os dentes estiverem nascendo, pode ser um processo natural de reação do organismo. Contudo, se a febre persistir, será melhor contatar o pediatra para ajudar a prevenir qualquer outro problema, pois é um período particularmente sensível na interação do corpo do seu bebê com o meio ambiente.

Como cuidar dos dentes temporários?

Passar os bons hábitos de higiene oral para seus filhos é uma das lições de saúde mais importantes que lhes pode ensinar. Isto significa ajudá-los a escovar os dentes duas vezes por dia, limitar os lanches entre as refeições (especialmente os que contêm alimentos e/ou bebidas açucaradas como bolachas, pão achocolatado, refrigerantes) e visitar o profissional de saúde regularmente.

O médico também irá controlar o crescimento e o desenvolvimento dentário do seu filho, dando-lhe conselhos sobre o desenvolvimento, nomeadamente a importância do flúor, como ajudar a manter uma boa higiene oral, como lidar com os hábitos orais do seu filho (por exemplo, o uso da chupeta), nutrição e dieta.

Procure evitar que seu filho ingira bebidas gaseificadas, pois estas provocam a erosão dos dentes. Se mesmo assim você decidir que ela pode ingerir bebidas gaseificadas, use então canudinhos para evitar o contato direto da bebida com a face dos dentes.

Faça a seu filho ver que uma visita ao profissional de saúde oral é uma experiência positiva. Explique que ajuda a manter uma boa saúde. Ao incentivar uma atitude positiva, aumenta

 

as hipóteses dele visitar regularmente o profissional de saúde oral ao longo da vida e reduz a necessidade de tratamentos mais invasivos e potencialmente geradores de medo e ansiedade.

Quanto mais cedo se iniciar o hábito diário de higiene oral, melhores perspectivas há de evitar as doenças orais, por isso, crie junto de seu filho o hábito de higiene oral desde a erupção do primeiro dente.

Qual é a melhor forma de escovar os dentes de leite?

Você deve efetuar ou vigiar a escovação de suas crianças, seguindo os passos seguintes:

  • A limpeza dos dentes deve iniciar-se logo após a erupção do primeiro dente do bebê. No início, quando há poucos dentes ainda, pode utilizar-se uma gaze ou dedeira específica para o efeito de escova de dente.
  • A escova de dente deve ser macia e ter um tamanho adequado à boca do bebê. Deve utilizar-se uma pequeníssima quantidade de creme dental com flúor (1.000-1.500 ppm de fluoretos), semelhante ao tamanho da unha do dedo mindinho do bebê.
  • Tenha atenção para ensinar a criança a não engolir a pasta.
  • Direcione os filamentos da escova de encontro às faces dentárias e execute suaves movimentos de rotação. Repita isto em todas as faces dentárias.
  • No final pode escovar a língua da criança. Coloque a escova sobre a língua e escove suavemente de trás para a frente (desde a base para a ponta).


Chupar o dedo

O ato de chupar o dedo é freqüente nos bebês. Contudo, este hábito pode causar problemas no crescimento dos maxilares e no posicionamento dos dentes.

Você deve prestar particular atenção a este hábito, de modo a eliminá-lo ou evitando que ele se estabeleça. É preferível o uso de chupetas. Contudo, se o seu uso for prolongado também pode causar importantes problemas orais.