Você está em: Home // Engravidar // Como medir temperatura basal (com gráfico)

Como medir temperatura basal (com gráfico)

 

aVocê quer descobrir seu período fértil para poder engravidar e não sabe por onde começar? Descubra que o nosso corpo nos avisa sobre muitas coisas que precisamos aprender a interpretar. A temperatura basal e o muco cervical (ou método Billings) são uma grande fonte de informações sobre o ciclo menstrual da mulher.

O que são estes tais gráficos de TB?

Durante o seu ciclo menstrual, dois hormônios fazem seu trabalho.Durante a primeira metade do seu ciclo (chamada fase folicular), o estrogênio é a estrela da vez.O estrogênio ajuda seus ovários a produzirem um óvulo (ou mais) que é liberado durante a ovulação. Durante a segunda metade do seu ciclo (fase lútea), a progesterona assume as rédeas.Ela ficará dominante até sua produção cair às vésperas da sua menstruação.

Com essas variações claras de hormônio, é possível criar um gráfico do ciclo.O estrogênio é um hormônio “frio”.A progesterona é “quente”.Antes da ovulação, quando o estrogênio é dominante no seu corpo, a temperatura é ligeiramente mais baixa do que após a ovulação, quando a progesterona está no comando. Diante destes fatos, o aumento da temperatura basal do corpo indica que você ovulou, pois após a ovulação o estrogênio diminui e a progesterona inicia.

Como faço para começar?

Uma coisa muito legal sobre gráficos de TB é que eles exigem pouco investimento monetário. O único equipamento que você absolutamente precisa é um termômetro confiável e uma folha de papel.Existem termômetros digitais feitos para medir temperatura basal, mas um termômetro comum de mercúrio funciona muito bem.Certifique-se que o termômetro que você está usando divide um grau em 10 risquinhos, pois as mudanças de temperatura significantes no seu gráfico podem ser muito pequenas.

Você também vai precisar de um gráfico que mostra uma gama de temperaturas ao longo dos dias do seu ciclo.Há no final do artigo um gráfico em PDF para download para você imprimir e usar. Se você acessa a internet todos os dias, pode usar alguns sites que geram os gráficos, onde você só informar seus dados de ciclo e temperatura. O 28 dias em espanhol, e o Fertility Friend em inglês que tem até aplicativo para IPhone.

O tipo de gráfico que você usa é apenas uma questão de preferência pessoal.Tudo o que importa é que você tenha um lugar para gravar seu diário da temperatura, de modo que você possa enxergar os padrões de variação da temperatura que ocorrerem durante o seu ciclo.

Exemplo de Gráfico de TB

Eu já tenho o meu termômetro, o que eu faço agora?

ótimo, você está pronta para começar!A temperatura basal é a sua temperatura medida quando você acaba de acordar de manhã. Isso significa que você vai ter que tirar a temperatura antes de levantar, de fazer xixi, de beber água, de falar, ou qualquer outra coisa. Crie uma rotina de, assim que o seu despertador tocar, colocar o termômetro na boca. É muito simples.

Porque na boca? Existem dois lugares que registram a temperatura o mais confiável possível: a boca e a vagina. O mais fácil é a boca não é mesmo? Para medir, coloque o termômetro embaixo da língua, todos os dias mais ou menos no mesmo lugar da boca, e não fique se mexendo, fique paradinha por uns 4 minutos.

Além disso, a temperatura deve ser tirada no mesmo horário todos os dias. Se durante a semana, você levanta às 6:30, deverá tirar a temperatura neste horário, e significa que deve também tirar às 6h30 nos finais de semana. Felizmente, você não precisa acordar totalmente, só deixe o termômetro fazer o que ele tem que fazer e depois volte a dormir. (cuidado para não dormir com o termômetro na boca).

Para começar a fazer seu gráfico, o ideal é começar no primeiro dia do seu ciclo, ou DC1.O DC1 é o primeiro dia em que você vê o fluxo menstrual vermelho verdadeiro, não conte os dias de borra ou manchinhas. A partir disso é só tirar as temperaturas todas as manhãs e marcar no gráfico.Tipicamente, as temperaturas pré-ovulatórias vão oscilar entre 36 e 36.6, embora exista uma grande variedade de temperaturas “normais”para esse período, não existe regra fixa.

Então, num belo dia, você vai notar que sua temperatura está mais elevada do que tem sido nos dias anteriores.A regra geral é que se você já ovulou, seu gráfico vai acusar que sua temperatura subiu cerca de 0.4 graus, e permanecerá elevada durante pelo menos pelo menos 3 dias consecutivos. Em geral, temperaturas pós-ovulatórias variam de 36.8 para cima.

Então, o gráfico vai me dizer quando eu vou ovular?

Infelizmente, um gráfico TB irá dizer quando você ovulou, depois que ela tiver acontecido e não haverá mais tempo de tentar engravidar.Ele não prevê a ovulação.Pode ser que você perceba uma queda da temperatura no dia da ovulação.Isso é causado por um certo impulso de estrogênio precedendo a ovulação, mas isso nem sempre ocorre, por isso não dá para confiar. Para prever a ovulação, é necessário acompanhar o seu muco cervical, ou após alguns gráficos deduzir em que dia do ciclo você costuma ovular, pois normalmente o dia da ovulação não varia demais se a mulher tem um ciclo regulado. (lembrando que stress elevado pode afetar a ovulação)

No início do ciclo, você pode perceber que o seu muco cervical é pegajoso ou farináceo esbranquiçado. À medida que se aproxima a ovulação, o líquido ficará mais fino e líquido. Em alguns casos, ele fica com a consistência de clara de ovo (extremamente fértil).Como regra geral, você e seu parceiro devem procurar treinar a cada dia que você vê a clara de ovo líquido cervical (ou a líquida e transparente).Uma vez que sua temperatura aumenta após a ovulação, você irá notar que o fluido cervical fica mais grossa ou secam todos juntos. E aí poderá saber se teve relações nos dias certos.

Algumas mulheres são capazes de verificar seu muco cervical por fora da vagina.Algumas mulheres não produzem bastante líquido para se sentir externamente e precisam fazer uma seleção interna.Isso é mais facilmente realizado enquanto se está sentada no vaso sanitário.Apenas certifique-se de ter as mãos e unhas limpas, e usar o dedo indicador ou do meio para chegar em direção ao seu colo. Não precisa nem ir muito fundo.Sei que isso parece estranho, mas é a melhor maneira de avaliar sua fertilidade, em determinado momento do mês.A análise do muco cervical, em combinação com o uso de um gráfico de TB, é uma ótima maneira de identificar seus períodos férteis.A regra a lembrar é o seguinte:Você deve ter relações sexuais todos os dias em que você vir muco cervical fértil, e continue até você ver um aumento da temperatura. Seguindo essa regra você terá garantias de que trabalhou nos dias certos e tem melhores chances de engravidar.

Quais são os outros benefícios de gráficos?

Se você e seu parceiro têm uma fertilidade normal, você deve atingir o sucesso dentro de 4 a 6 ciclos de gráfico TB.Isso ocorre porque o mapeamento e monitoramento de seu muco cervical permitem ter relações sexuais durante seus tempos férteis.O óvulo só vive por cerca de 24 horas, então saber o quando acontece, é tudo o que você precisa.

O gráfico também permite descobrir o seu ciclo normal.É um mito pensar que toda mulher ovula no 14º dia do ciclo menstrual.Na verdade, o padrão normal de uma mulher pode significar a ovulação, no dia 10 ou no dia 21.Usando o gráfico torna mais fácil encontrar o seu tempo normal de ovulação.

Além disso, sabendo o dia que você ovulou, é fácil saber se você está realmente atrasada. Porque as mulheres menstruam SEMPRE de 13 a 17 dias depois da ovulação (fase lútea). Nunca passa disso e esse prazo não varia de ciclo para ciclo.

Além disso, se a gravidez não acontecer logo, os gráficos podem alertá-la para alguns possíveis problemas ou complicações, incluindo:

  • Anovulação:Se o gráfico nunca mostra um padrão bi-fásico, caracterizado pela ausência de um aumento da temperatura, é provável que você não está ovulando.Isso pode alertá-la sobre este fato, o que lhe permite solicitar a intervenção médica.
  • Um defeito da fase lútea:Normalmente, a fase lutea dura 14 dias.Fase lútea menor que 10 dias pode comprometer a fertilidade, pois torna-se difícil para um embrião fertilizado se implantar no útero.Você pode facilmente detectar uma fase lútea curta em um gráfico de TB, se houver ausência de pelo menos 10 temperaturas altas seguidas.
  • A condição da tireóide:Tanto o hipertireoidismo como o hipotireoidismo podem comprometer a fertilidade.Uma tireóide sub-ativa pode causar temperaturas muito baixas, enquanto uma tiróide hiper-ativa é manifestada em temperaturas anormalmente elevadas.
  • Fator de infertilidade masculina:Se você está constantemente fazendo sexo em seus dias férteis, mas não conseguem engravidar, pode ser devido a um problema com o esperma de seu parceiro.Mais uma vez, os gráficos podem alertá-los sobre este fato e permitir-lhe solicitar a intervenção.

Veja outras vantagens AQUI.

Boa sorte!Espero que todos vocês em breve realizem o sonho de serem mães.

Faça aqui o download do gráfico de temperatura basal.

 


Tags: , , ,

4 Responses to “Como medir temperatura basal (com gráfico)”

  1. 1
    maisa Says:

    minha mentruacao era pra vir dia5 e nao veio entroduzi o termometro na vagina e deu 37.5 posso tar gravida

  2. 2
    Como aumentar sua fertilidade naturalmente | Mamãe online Says:

    […] Sua temperatura tirada todas as manhãs salta no dia da ovulação. Veja aqui. […]

  3. 3
    Ariana Says:

    Oi Maisa, se você mediu essa temperatura logo ao acordar antes de começar a se mexer, pode estar sim. Faça um teste!

  4. 4
    priscila Says:

    oi estou medindo minha temperatura basal,só que não sai dos 36,6 36,8 37 não sei ao certo se estou ovulando como posso saber ao certo

Leave a Reply

Copyright © 2009 Mamãe online. All rights reserved.
Designed by Theme Junkie. Powered by WordPress.